• Posto Dal Ri

Policial

Funcionários de empresa santa-cruzense são presos no Rio de Janeiro

11.12.17

15:26

comentários

Eles são investigados na Operação Limpidus, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, da Polícia Civil

Dois funcionários da Imply, empresa santa-cruzense de tecnologia, foram presos na manhã desta segunda-feira, 11, no Rio de Janeiro. Eles são investigados na Operação Limpidus, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, da Polícia Civil, em ação conjunta com o Grupo de Atuação Especializada do Desporte e Defesa do Torcedor (Gaedest), do Ministério Público do Rio de Janeiro. A ação mira um esquema de repasse de ingressos de jogos de futebol para torcidas organizadas.

Leandro Schilling e Monique Patricio dos Santos Gomes foram detidos na segunda fase da operação. Schilling, que trabalharia na Imply desde maio de 2013, atua no atendimento ao Flamengo. Já Monique foi identificada pela empresa apenas como funcionária, sem função específica. A Imply foi contatada pela reportagem do Portal Gaz e encaminhou uma nota oficial sobre o assunto. Confira a seguir o comunicado na íntegra:

“A Imply afirma que todos os ingressos dos jogos do Clube de Regatas do Flamengo são entregues direta e exclusivamente ao clube e registrados em protocolo. A empresa não compactua e não tolera qualquer ato que comprometa os valores éticos estritamente seguidos desde a sua fundação, há 15 anos.”

Foram cumpridos, nesta manhã, pelo menos nove mandados de prisão dos suspeitos de envolvimento no esquema fraudulento. Além dos funcionários da empresa santa-cruzense, também foram presos o assessor de imprensa da presidência do Fluminense, Artur Mahmoud, e o presidente da torcida organizada Raça Fla, Alesson Galvão de Souza.


Operação

A investigação da Polícia Civil já dura, pelo menos, sete meses e contou com escutas telefônicas autorizadas pela Justiça. De acordo com o Ministério Público (MP), dirigentes de clubes de futebol são acusados de entregar ingressos para as torcidas, que os repassam a cambistas. Um dos clubes transferia ingressos até mesmo para torcidas proibidas de frequentar estádios por causa de envolvimento com episódios de violência.

Na primeira etapa da operação, realizada no dia 1º deste mês, vários dirigentes haviam prestado depoimentos, como Pedro Abad, presidente do Fluminense, Eurico Brandão, o Euriquinho, vice-presidente de futebol do Vasco, e Anderson Simões, vice-presidente de estádios do Botafogo. Além disso, líderes das torcidas organizadas Young Flu e Força Flu haviam sido detidos pela polícia.

FONTE: Redação Portal Gaz

TAGS: santa-cruzenses, ingressos,Imply

Mais notícias

Parceiros

Agência Faro
Resultados em marketing digita...
http://www.agenciafaro.com.br
Imóveis Belinaso &...
Imóveis Belinaso & Slomp
http://www.imoveisbelinasoeslomp.com.br/
D'Melo Esquadrias
No mercado há 15 anos, atendim...
www.dmeloesquadrias.com.br
BC Dentária
Inaugurada em 2012, a BC Dentá...
www.bcdentaria.com.br
Marka Design
Marka Design Comunicação Visua...
http://www.markadesign.com.br/
Engenho Moraes
Engenho Moraes Agroindustrial
www.engenhomoraes.com.br

Fale Conosco

Endereço: Rua dos Loretos, 260 Gonçalves, /

CEP: 96501-160

E-mail: rodeicke@gmail.com

Telefone: (51) 9789-5189

Facebook Youtube